QUIXADÁ: IBGE publica edital de concurso público para 420 vagas


Concurso público aberto para o IBGE em 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística divulgou por meio do Diário Oficial da União de 23 de setembro, dois editais com normas relativas à realização de Concurso Público destinado à seleção de candidatos de nível médio e superior para atuação em várias cidades do país. Concurso será organizado e coordenado pela Fundação Cesgranrio.
São 300 vagas (15 para pessoas com deficiência) de nível médio para cargo de Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas A I, da carreira de Suporte Técnico em Produção e Análise de Informações Geográficas e Estatísticas, do Plano de Carreiras e Cargos do IBGE, com exigência de ensino médio completo (antigo 2º grau) e Carteira Nacional de Habilitação definitiva ou provisória. Vencimento básico do cargo é de R$ 2.813,10 podendo chegar até R$ 4.210,49 com a Gratificação de Qualificação. Oportunidades são para várias cidades (veja abaixo).
Para nível superior são 120 vagas (9 para pessoas com deficiência) para Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas (60) e Tecnologista em Informações Geográficas e Estatísticas (60). Remuneração básica dos cargos será de R$ 6.355,60, podendo chegar até R$ 7.930,24, dependendo da titulação do aprovado (especialização, mestrado ou doutorado). Vagas para Analista são para lotação na cidade do Rio de Janeiro/RJ e estão distribuídas entre áreas de Administração Escolar, Análise de Sistemas, Arquivologia, Auditoria, Ciências Contábeis, Designer Instrucional, Orçamento e Finanças, Planejamento e Gestão, Recursos Humanos e Recursos Materiais e Logística. Já para Tecnologista oportunidades são para Análise Agrícola, Análise Pecuária, Análise Socioeconômica, Biblioteconomia, Cartografia, Edição de Vídeo, Estatística, Geografia, Geoprocessamento e Programação Visual - Planejamento e Desenvolvimento para Mídias Eletrônicas.
IBGE lança edital para 420 vagas em todo o paísAlém da remuneração será concedido a todos auxílio-alimentação no valor de R$ 373,00 e assistência à saúde médica e odontológica, opcional, ao servidor e aos seus dependentes, com valores que variam entre R$ 82,83 e R$ 167,70 por pessoa. Todos os cargos têm jornada de trabalho de 40 horas semanais.
Interessados em participar do concurso do IBGE poderão se inscrever entre os dias
01 e 24 de outubro de 2013, na página da organizadora do concurso: Fundação Cesgranrio. O valor da taxa de inscrição é de R$ 50,00 para cargo de nível médio e de R$ 110,00 para funções de nível superior. Os candidatos inscritos realizarão as provas no município/UF no qual optaram por concorrer à vaga, de acordo com o especificado no anexo I do Edital.
A prova objetiva, a ser aplicada para todos os cargos, está prevista para ocorrer no dia 01 de dezembro de 2013, em locais a serem informados a partir do dia 25/11. Os gabaritos preliminares sairão no dia 2 de dezembro. Haverá ainda etapa de prova discursiva para o cargo de Analista/Área de Análise de Sistemas/Desenvolvimento de Aplicações; e prova prática para o cargo de Tecnologista/Edição de Vídeo; Geoprocessamento e Programação Visual/Mídias Eletrônicas.
A prova para cargo de Técnico (nível médio) versará sobre conteúdos de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Geografia, Conhecimentos Específicos, Conhecimentos Gerais e Noções de Informática.
Vagas para Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas estão distribuídas entre os seguintes estados e cidades: Acre (Brasiléia, Cruzeiro do Sul e Tarauacá); Alagoas (Palmeira dos Índios, Penedo, São Miguel dos Campos e União dos Palmares); Amazonas (Carauari, Coari, Eirunepé, Humaitá, Itacoatiara, Manacapuru, Manicoré, Parintins, Tabatinga e Tefé); Amapá (Macapá); Bahia (Barreiras, Bom Jesus da Lapa, Brumado, Camaçari, Cipó, Conceição do Coité, Esplanada, Eunápolis, Ibotirama, Ipiaú, Ipirá, Irecê, Itaberaba, Itapetinga, Jaguaquara, Jequié, Jeremoabo, Livramento de Nossa Senhora, Morro do Chapéu, Paulo Afonso, Poções, Porto Seguro, Remanso, Riachão do Jacuípe, Santa Maria da Vitória, Santa Maria de Cássia, Santo Amaro, Santo Antônio de Jesus, São Francisco do Conde, Seabra, Senhor do Bonfim, Serrinha, Valença e Xique-Xique); Ceará (Baturité, Crateús, Crato, Iguatu, Itapagé, Itapipoca, Limoeiro do Norte, Quixadá, Russas e Sobral); Espírito Santo (Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Guarapari e Serra); Goiás (Anápolis, Aparecida de Goiânia, Catalão, Formosa, Goiás, Iporá, Itumbiara, Jaraguá, Jateí, Luziânia, Morrinhos, Posse, Quirinópolis e Uruaçu); Maranhão (Barreirinhas, Chapadinha, Governador Nunes Freire, Crajaú, Itapecuru Mirim, São Bernardo, São João dos Patos, e Viana); Minas Gerais (Aimorés, Almenara, Araçuaí, Brasília de Minas, Cambuí, Campo Belo, Capelinha, Carangola, Caratinga, Conceição do Mato Dentro, Curvelo, Formiga, Frutal, Governador Valadares, Guanhães, Guaxupé, Iraúna, Iturama, Jequitinhonha, Mantena, Muriaé, Nanuque, Paracatu, Pará de minas, Patrocínio, Pirapora, Ponte Nova, Rio de Minas, Rio Casca, Salinas, Sete Lagoas, Teófilo Otoni, Três Corações, Uberaba, Unaí e Varginha); Mato Grosso do Sul (Aquidauana, Corumbá, Coxim, Dourados, Jardim, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas); Mato Grosso (Água Boa, Alta Floresta, Barra do Garças, Cáceres, Confresa, Juína, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, São Feliz do Araguaia, Sorriso e Várzea Grande); Pará (Abaetetuba, Almeirim, Bragança, Breves, Cametá, Conceição do Araguaia, Óbidos, Paragominas, Santarém, Saure e Xinguara); Paraíba (Areia, Campina Grande, Guarabira, Itabaiana, Itaporanga Patos, Pombal e Sousa); Pernambuco (Carpina, Escada, Limoeiro, Palmares, Petrolina, Salgueiro e Vitória de Santo Antão); Piauí (Canto do Buriti, Floriano, Picos, São Raimundo Nonato e Valença do Piauí); Paraná (Campo Largo, Colombo, Faxinal, Ibaiti, Nova Londrina, Palmas, Paranaguá, Pinhais, Pitanga, Rolândia e São Mateus do Sul); Rio de Janeiro (Duque de Caxias, Itaperuna, Santo Antônio de Pádua e Volta Redonda); Rio Grande do Norte (Mossoró e Pau dos Ferros); Rondônia (Ariquemes, Cacoal e Vilhena); Rio Grande do Sul (Cachoeira do Sul, Camaquã, Carazinho, Cruz Alta, Frederico Westphalen, Guaporé, Palmeira das Missões, Passo Fundo, São Jerônimo, São Leopoldo, Tapejara e Três Passos); Santa Catarina (Araranguá, Brusque, Canoinhas, Chapecó, Concórdia, Criciúma, Curitibanos, Itajaí, Jaraguá do Sul, Joaçaba, Orleans, Palmitos, Rio do Sul, São Lourenço do Oeste, Tubarão e Videira); Sergipe (Lagarto e Propriá); São Paulo (Adamantina, Americana, Amparo, Andradina, Assis, Birigui, Bragança Paulista, Caieiras, Campinas, Cruzeiro, Diadema, Bragança, Guarulhos, Itanhaém, Itapecerica da Serra, Itapetinga, Itapeva, Itaquaquecetuba, Itararé, Jacareí, Jales, Jaú, Jundiaí, Mogi das Cruzes, Mogi-Mirim, Novo Horizonte, Osasco, Paraguaçu Paulista, Penápolis, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Rio Claro, Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, São Carlos, São João da Boa Vista, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Vicente, Sertãozinho, Sorocaba e Valinhos); Tocantins (Araguaína, Araguatins, Colinas do Tocantins, Gurupi e Paraíso do Tocantins).
IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística é o principal provedor de dados e informações do país, que atendem às necessidades dos mais diversos segmentos da sociedade civil, bem como dos órgãos das esferas governamentais federal, estadual e municipal. O IBGE atua nas funções de Coordenação dos Sistemas de Informações Cartográficas e Estatísticas; Produção de informações estatísticas; Produção de informações geocientíficas; Produção de informações ambientais; e Disseminação de informações.
Último concurso do IBGE que teve vagas para Técnico ocorreu em 2006 e ofertou 649 vagas. A remuneração do cargo era de R$ 1.133,51, mais benefícios de gratificação de desempenho por atividade (GDACT), abono fixo, gratificação por titulação, auxílio alimentação, auxílio transporte e assistência à saúde do servidor e dependentes. A prova objetiva constou de 60 questões sobre conhecimentos de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Conhecimentos Gerais, Geografia e Noções de Informática.
Intistuto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE

0 comentários:

Postar um comentário